Fragmentos Móveis

A polêmica de Darwin ainda não acabou terça-feira, 19 junho, 2007

Filed under: Ciência,Educação,Filosofia — fragmentosmoveis @ 2:27 pm

Quando eu tinha uns 6 anos e ia com meu pai à missa dos domingos na Igreja da Consolação eu o enchia de questionamentos:
– Será que foi assim, pai? Me explica. Será que o homem evoluiu do macaco e o primeiro homem foi Adão?
Ele tentava acompanhar a missa e eu tentava entender o universo. E o culpado da chateação no meio do sermão do padre era justamente ele, que tinha a contradição de ir à Igreja e ao mesmo tempo dar livrinhos de Ciências sobre dinossauros e a teoria de Darwin para mim.

Lembro disso ao ler e comentar o post do amigo Daniel Duende no Novo Alriada Express sobre a inauguração de um novo museu nos EUA. Diz a notícia da BBC:

Um polêmico museu que nega a teoria da Evolução e defende que o mundo foi criado segundo o que diz a Bíblia foi inaugurado na segunda-feira nos Estados Unidos, no Estado do Kentucky.

“O Museu da Criação custou US$ 27 milhões, pagos com verbas particulares da organização cristã Answers in Genesis (Respostas no Genesis), e visa, segundo sua página na internet, “demonstrar aos visitantes que a Bíblia é o verdadeiro livro de história do universo”, indo contra todas as teorias mais famosas da ciência que explicam a história do humanidade, como a Teoria da Evolução de Charles Darwin – que diz que o homem descende do macaco – e a teoria do Big Bang – que diz que o universo surgiu de uma grande explosão…”

Não muito longe, aqui em São Paulo, escolas protestantes adotam livros didáticos de Ciências que não são imparciais (apresentando as teorias criacionistas e evolucionistas). Alguns desses livros são elaborados por pessoas que fazem parte de associações criacionistas e apresentam exclusivamente essa teoria.

Assim, pense que esses jovens estudantes nunca irão com a escola numa excursão à Exposição “Darwin”, que está no MASP até 04/07/07.

Se Darwin enfrentou tanta resistência em 1859 quando publicou “A Origem das Espécies“, a exposição que já passou pelo Museu de História Natural de Nova York, vem agora reavivar a polêmica entre os evolucionistas e os criacionistas modernos que reavivaram a teoria do “design inteligente”.

Entre os defensores do “design inteligente”, no qual a evolução é guiada por uma força divina, está George W. Bush, que defendeu a inclusão dessa teoria no currículo escolar americano.

Resta passar a ficha técnica da exposição do MASP, que vem pela primeira vez ao Brasil e merece as 2 horas estimadas de visita: http://masp.uol.com.br/exposicoes/2007/darwin/

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s