Fragmentos Móveis

Outra charge cansada sábado, 18 agosto, 2007

Filed under: Charges,Curtas,Política — fragmentosmoveis @ 10:26 pm


Outra charge sobre o “Cansei”. O autor é ElPedron.

Como 2 cientistas que fazem a mesma descoberta ao mesmo tempo, em lugares diferentes.

Digo isso por causa da charge anterior, do chargista Bennet, que divulguei aqui.

Gostei de ambas. Apesar da idéia em comum, cada uma tem seu estilo próprio.

 

Outra charge cansada

Filed under: Charges,Curtas,Política — fragmentosmoveis @ 10:26 pm


Outra charge sobre o “Cansei”. O autor é ElPedron.

Como 2 cientistas que fazem a mesma descoberta ao mesmo tempo, em lugares diferentes.

Digo isso por causa da charge anterior, do chargista Bennet, que divulguei aqui.

Gostei de ambas. Apesar da idéia em comum, cada uma tem seu estilo próprio.

 

Outra charge cansada

Filed under: Charges,Curtas,Parapeito de Papel,Política — fragmentosmoveis @ 10:26 pm


Outra charge sobre o “Cansei”. O autor é ElPedron.

Como 2 cientistas que fazem a mesma descoberta ao mesmo tempo, em lugares diferentes.

Digo isso por causa da charge anterior, do chargista Bennet, que divulguei aqui.

Gostei de ambas. Apesar da idéia em comum, cada uma tem seu estilo próprio.

 

Censura Musical

Filed under: Curtas,Política — fragmentosmoveis @ 10:09 pm

Um site interessante. Chama-se Censura Musical e foi elaborado a partir de um projeto acadêmico de estudantes de jornalismo do Mackenzie.
No site você encontra documentos oficiais dos órgãos de censura, encontrados no Arquivo Nacional de Brasília, do Rio de Janeiro e do Arquivo Público do Estado de São Paulo, em formato .pdf.
O site lista uma série de composições que foram alvo da censura na didatura militar por motivos variados: subversão, ataque à moral e bons costumes etc.
Alguns casos são conhecidos como “Pare de tomar a pílula”, de Odair José, “Nada será como antes”, de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos ou “Papai me empresta o carro”, de Rita Lee. Outras músicas não ficaram conhecidas do grande público até hoje.

 

Censura Musical

Filed under: Curtas,Política — fragmentosmoveis @ 10:09 pm

Um site interessante. Chama-se Censura Musical e foi elaborado a partir de um projeto acadêmico de estudantes de jornalismo do Mackenzie.
No site você encontra documentos oficiais dos órgãos de censura, encontrados no Arquivo Nacional de Brasília, do Rio de Janeiro e do Arquivo Público do Estado de São Paulo, em formato .pdf.
O site lista uma série de composições que foram alvo da censura na didatura militar por motivos variados: subversão, ataque à moral e bons costumes etc.
Alguns casos são conhecidos como “Pare de tomar a pílula”, de Odair José, “Nada será como antes”, de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos ou “Papai me empresta o carro”, de Rita Lee. Outras músicas não ficaram conhecidas do grande público até hoje.

 

Censura Musical

Filed under: Curtas,Parapeito de Papel,Política — fragmentosmoveis @ 10:09 pm

Um site interessante. Chama-se Censura Musical e foi elaborado a partir de um projeto acadêmico de estudantes de jornalismo do Mackenzie.
No site você encontra documentos oficiais dos órgãos de censura, encontrados no Arquivo Nacional de Brasília, do Rio de Janeiro e do Arquivo Público do Estado de São Paulo, em formato .pdf.
O site lista uma série de composições que foram alvo da censura na didatura militar por motivos variados: subversão, ataque à moral e bons costumes etc.
Alguns casos são conhecidos como “Pare de tomar a pílula”, de Odair José, “Nada será como antes”, de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos ou “Papai me empresta o carro”, de Rita Lee. Outras músicas não ficaram conhecidas do grande público até hoje.

 

>Mini-posts

Filed under: Blogs — fragmentosmoveis @ 10:02 pm

>Li outro dia que há blogueiros usando um recurso que insere no seu blog mini-posts do tipo “Estou trabalhando muito” ou “Viajando, mas volto em breve”, apenas para manter o blog atualizado. Idiota, não?
Bem, durante minha curta-longa ausência sabe que eu até pensei em escrever algo desse tipo?
Mas quem está trabalhando muito não consegue tempo nem para escrever isso no blog.