Fragmentos Móveis

Prisão e liberdade, um dia na nossa história quinta-feira, 11 fevereiro, 2010

Filed under: Curtas,Igualdade Racial,Notícias,Parapeito de Papel,Política — fragmentosmoveis @ 7:26 pm

Três manchetes do dia 11/02/10…

 

Rebuliço no Twitter: prisão iminente de Arruda

Filed under: Curtas,Internet,Parapeito de Papel,Política,Twitter — fragmentosmoveis @ 4:45 pm

Enquanto as manchetes dos principais portais da internet apenas dizem:  “Ministro apóia prisão de Arruda; STJ discute” ou “STJ discute agora prisão de Arruda” ou “STJ se reúne para discutir prisão de Arruda”, os twitteiros (principalmente de Brasília) já postam que o STJ acabou de acatar o pedido de prisão do Governador José Roberto Arruda. A ansiedade é grande.

A tag Odorico Paraguassu é uma das mais usadas nos posts hoje, segundo o Trending Brasil do Twitter, que mensura os assuntos mais postados. É uma alusão a Arruda, comparando-o com o personagem da obra de Dias Gomes, “O Bem-Amado”, e que foi novela de sucesso na década de 70, embora se admita que  a maioria dos jovens twitteiros nem saiba do que se trata. Os posts perguntando quem é o tal Odorico são engraçados.

Em breve quando for lançado o filme “O Bem Amado”, com Matheus Nachtergaele, todos entenderão as metáforas de hoje.

 

Reflexão sobre meu outro blog terça-feira, 9 fevereiro, 2010

Filed under: Brincando no Parquinho — fragmentosmoveis @ 11:41 pm

Depois de uma garrafa de sakê quase inteira eu fiquei refletindo enquanto consultava compulsivamente o site Teledramaturgia, porque raios eu tinha que olhar cada novela se a maior probabilidade era que cada ator já estivesse com toda a obra (novelas, filmes, minisséries e sei mais lá o que) relacionada no site internacional IMDB.

Comprovei  minha teoria consultando Ruth de Souza, grande atriz negra que admiro e resolvi procurar outra abordagem.

Assim, eu me dou conta o quanto sou tomada por uma atitude obssessiva quando construo meus posts n0 meu blog Folhas de Almanaque.

A questão é que tento construir cada post de forma original ou quase. Se é apenas para dar copy e past eu não preciso perder meu tempo. Alguns posts saem em 5 minutos, mas outros eu passo dias e dias pesquisando.

Este, eu posso afirmar que está demorando, pois a cada erro de digitação eu sou obrigada – perfeccionista até mesmo propensa a estar bêbada – a corrigir.

 

Uma questão sobre o selo FSC da revista Época domingo, 7 fevereiro, 2010

Filed under: Imprensa,Meio-ambiente,Parapeito de Papel — fragmentosmoveis @ 3:35 pm

A revista Época anunciou que a partir da edição de fevereiro a revista e, com o tempo, as outras revistas da editora Globo também, passará a utilizar somente papel com certificação do Forest Stewardship Council (conhecido pela sigla FSC). É a primeira revista a tomar essa iniciativa.

A certificação implica em que, além de seguir os princípios de preservação e da exploração planejada e controlada, a empresa respeita os direitos trabalhistas e leva em consideração os interesses da comunidade onde atuam.

Até aí ótimo. Eu também já fiquei contente de poder comprar móveis com o selo.

Mas o orgulho de poder estampar na capa da revista o selo do FSC não os fez lembrar de contar um detalhe: por que o papel que utilizam vem da Suécia (papel do miolo da revista) e da Finlândia (capa)?

Eles mesmo informam que o Brasil possui a maior área certificada pelo FSC na América Latina e que há áreas confiáveis em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

 

A Dell e a coleção de fotos

Filed under: Fotografia,Imprensa,Notícias,Parapeito de Papel — fragmentosmoveis @ 2:50 pm

A Dell comprou o arquivo fotográfico mais famoso do mundo por 100 milhões de dólares.

Vendida pela agência Magnum, reúne as obras de Robert Capa, Henri Cartier-Bresson, David Seymour e outros, e contém mais de 185 mil imagens. Os direitos de imagem, porém, continuam com a agência, fundada em 1947 por Bresson, um dos pais do fotojornalismo.

O que a Dell fará com isso? Terá sido apenas um capricho de Michael Dell?

 

Comemorar

Filed under: Curtas,Parapeito de Papel,Teatro,TV — fragmentosmoveis @ 2:19 pm

Elenco de ‘Viver a Vida’ comemora o 100º capítulo da novela com festa em casa de shows. Para que? Por acaso corria-se algum risco de não chegar até esse capítulo, da novela ser cortada antes?

No teatro é justo comemorar um determinado nº de apresentações, pois o tamanho da platéia é uma incógnita e a duração da temporada depende de inúmeros fatores, como o sucesso de público, os patrocínios, a agenda dos teatros, até o entrosamento dos atores, os interesses do diretor.

 

Apelo emocional sábado, 6 fevereiro, 2010

Filed under: Curtas,Parapeito de Papel,Publicidade — fragmentosmoveis @ 11:42 pm

Parece que hoje em dia o “ninho vazio” começa quando os filhos completam 14 anos…

Na 4ª longnack eu até quase chorei com o comercial do Itaú (cena dos meninos judeu e muçulmano jogando bola).

Trabalhando com MKT, pré-testes de comerciais, trabalhando racionalmente a imagem das grandes empresas a gente se sente imune às emoções, mas não é.