Fragmentos Móveis

Resenha de um filme bobinho segunda-feira, 15 março, 2010

Filed under: Brincando no Parquinho,Cinema — fragmentosmoveis @ 5:31 pm

É incrível. Já assisti por inteiro (ou algumas partes) o filme “Como se fosse a 1ª vez” (50 first dates), umas 6 vezes e, como o apaixonado do filme, não me incomodo (ou me resigno) com o repeteco.

Mais cômodo seria mudar o canal da TV a cabo, mas eu não mudo.

Hoje (na verdade hoje era dia 21/02)  assisti o terço final do filme e me peguei com algumas lágrimas pulando dos olhos na penúltima cena. Digo pulando, pois não escorriam pela face e sim pulavam.

Não imaginava que isso – essa emoção – ainda fosse possível de ser despertada por esse filme. Será a química entre Adam Sandler e Drew Barrymore? Risos: não sou tão romântica assim, principalmente com comédias românticas americanas. Ou é a idéia do quanto é fácil esquecermos os momentos felizes que vivemos quase todos os dias?

Assim, mesmo já sabendo quase de cor cada cena, ainda aprecio os diálogos, ainda me envolvo com a emoção dos personagens. É como se não quisesse esquecer a emoção (até de estranheza sobre o roteiro inverossímel) que o próprio filme me despertou na 1ª vez. Transformo-me no próprio Henry, o herói apaixonado e com coragem de lutar pela felicidade, para fugir de me parecer com Lucy, a que esquece diariamente qual é o futuro que lhe aguarda!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s