Fragmentos Móveis

Brincando no Parquinho sexta-feira, 27 julho, 2007

Post mais recente

Logo_Brincando

Quando eu tinha uns 9 anos e altura de uns 12, o guarda do parquinho dizia pra mim: “Menina, você já está muito grandinha pra brincar nesses brinquedinhos de criança. Vai quebrar. Deixa para os pequenos”. E assim, embora discordando que eu não fosse mais criança, destituída do meu direito fundamental, eu terminava evitando os brinquedos e me voltando para outras diversões como palavras cruzadas, gibis e a observação das pessoas, através da qual eu escrevia tantos textos mentalmente. E aí… leia o resto no 1° post do blog.

Falaram do Brincando no Parquinho

Anúncios
 

One Response to “Brincando no Parquinho”

  1. Áurea Says:

    Este texto Brincando no parquinho, me lembra um livro do Osho, que li, que dizia pra não acreditar, qdo alguém disser, que não estamos a altura de sermos aceitos e recebidos… para não nos sentirmos como forasteiros… e que ser vc mesmo pleno de primavera é uma das maiores bençãos! e que o portão nunca esteve trancado… é qdo nos livramos dos fardos impostos pelos outros, e nos livramos do que está nos restringindo, nós nos sentimos, mais leves… e a energia flui… e nada nos impedirá de participar desta dança da vida…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s